Tuitadas da semana

  • "A comunicação tende por natureza a suprimir todas as distâncias, mas as distâncias resistem muito mais do que se imagina" Philippe Breton #
  • "A mídia dá acesso a informações, não necessariamente a sentidos. E a ignorância não tem melhor aliado do que a ilusão do saber". P. Breton #
  • <a href="Espaço Sideral" target="_marte">GUSTAVO: CLIQUE AQUI</a> #
  • Do @PLevy: "O transcendental histórico está à mercê de uma viagem de barco", por Colombo usar a técnica de navegar para mudar imaginários. #
  • Pierre Lévy me parece determinista, mas leitura é importante. Vale a pena. Ele fala frases como "cornucópia de abundância axiológica" #heim #
  • Eu vezes você, quanto que dá? Letuce: http://t.co/dacFiAW (via r.saavedra) #
  • @belisards @juliannasa eu estou eternamente em transe. A fixação é, antes de tudo, um momento transitório #
  • @taivital ;] #
  • Dissertação etese: você tem que fazer uma. E agora? http://t.co/Jyfmgcn (dica do George Araújo) #
  • @amandameirinho @relesk @mariahqueiroz @pedro_sim @belisards @juliannasa eu mudo todo ano. Tenho váááárias! #
  • @silviarsales [email protected] bj #
  • "Os homens contaram os números, e, por fim, somente os números contaram" (Armand Mattelart) #
  • Seleção de consultor da ONU para avaliação sobre sistema de segurança pública e casos de violência contra mulher http://bit.ly/gVyqz1 #
  • Valeu! :) RT @silviarsales Boa noite, queridos. O abraço especial de hoje vai para o @GustavoBarreto_ #
  • Coordenação criada no Ministério das Comunicações para tratar de rádios comunitárias é criticada pela Abraço http://migre.me/3PKXj @diracom #
  • Rede única levará canais públicos para a TV aberta http://t.co/9kY1Pad (via @diracom) #
  • Google, Facebook e outros mantém "low-level talks" no primeiro movimento para tentar comprar o Twitter, diz o WSJ http://on.wsj.com/dU1k2o #
  • Estudos Avançados – Brecht e a "Teoria do rádio" http://t.co/YrJYCux #
  • Acabou de entrar uma esperança no meu quarto. O que não significa que a Dilma vai recolocar um Ministério da Cultura progressista, OK? #
  • Estou escrevendo sobre isso :D #vicio RT @Fiz_mesmo Oi, @GustavoBarreto_ que-ia-sumir-por-causa-da-tese-e-não-resistiu-ao-vício-tuiteiro! :) #
  • Carro do "controle urbano" da Prefeitura ultrapassou sinal esta manhã no trevo do Bairro de Fátima. Atrás, um carro da "Guarda" Municipal… #
  • Nesse lance de rebelião mexendo com imaginário coletivo, Arábia Saudita está assim, ó. E se virar mania? E a nossa ordem social, como fica?? #
  • Fui almoçar num restaurante árabe aqui perto de caso. O molho do dia era de "barbie kill". Faz sentido. #
  • @NataliaMazotte :D #
  • Professor do NYU @JayRosen_NYU divulga artigo denunciando campanha secreta de grandes empresas para "destruir o WikiLeaks" http://jr.ly/vdue #
  • Na Al Jazeera, especialista afirma que Exército está cumprindo um papel nobre e apoiando revolução http://english.aljazeera.net/watch_now/ #
  • Um amigo meu tuitou que a parada lá na Arábia Saudita tá tensa. TENSA. http://t.co/uDkaKkh #
  • Tradicional instituto de pesquisas sobre Internet monitora acesso a sites no Egito. Vale a pena: http://news.netcraft.com #
  • Blogs e wikis: melhor texto que já li sobre o tema: http://bit.ly/9ByVBK #
  • Fiquei sabendo que o Mubarak caiu. Que beleza! Agora só falta o Gilmar Mendes. #
  • "Ter controle quase exclusivo do fluxo de notícias de grande parte do mundo – vale U$10 bilhões? Seria uma pechincha." http://bit.ly/fV3JyT #
  • Procurações forjadas: ficha demorou a cair para os jornalões http://t.co/5tcuK1l via @consciencia_net #
  • Polícia Federal faz mais uma vez seu trabalho de varrer parte da banda podre do Rio. Problema do Rio não é bandido, é policial. #
  • Agora é a vez da Argélia. Um país por vez. O castelo do Koopa é a Arábia Saudita: http://english.aljazeera.net/watch_now/ #
  • Pperação da PF: policiais flagrados saqueando moradores e traficantes na Penha e Alemão, naquela operação "libertadora" http://glo.bo/gUmCij #
  • O grupo criminoso estaria envolvido ainda com a segurança de pontos de jogos clandestinos (máquinas de caça-níqueis e jogo do bicho). #
  • Braço direito do chefe de Polícia Civil do Rio, Allan Turnowski, prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal. Será investigado? #
  • Carlos Oliveira, foragido, estava atuando como subsecretário de Operações da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop). Amigo do Prefeito. #
  • Cada membro do grupo de policiais recebia, CADA UM, até R$100 mil/mês para proteger traficantes como o "Nem", chefe na Rocinha e Vidigal. #
  • Após mais uma operação da PF nas polícias do Rio, fica claro a análise que fiz em novembro: o crime não está na favela. http://t.co/G7YIiy5 #
  • O @CulturaGovBr, p/ defender posição patética sobre CreativeCommons, publicou Caetano falando mal do Lula. Depois tirou http://bit.ly/hoaW5Q #
  • Caetano afirmou que Andrew Keen, autor de “O culto do amador”, é um "moralista de tom panfletário", mas "no essencial ele tem razão". Veja: #
  • Keen utiliza teoria do avô de Aldous Huxley, renomado biólogo britânico Thomas Henry Huxley, que postulou o “Teorema do Macaco Infinito” #
  • Se fornecermos a um número infinito de macacos um número infinito de máquinas de escrever – afirmou– alguns macacos vão criar uma obra-prima #
  • A tecnologia contemporânea, compara Keen, “vincula todos aqueles macacos a todas aquelas máquinas de escrever. (…)" #
  • Em vez de criarem obras-primas, esses "milhões de macacos exuberantes estão criando uma interminável floresta de mediocridade” #
  • Com a diferença de que “máquinas de escrever não são mais máquinas, e sim computadores em rede, e macacos não são macacos, mas usuários" #
  • “No atual culto do amador, os macacos é que dirigem o espetáculo. Com suas infinitas máquinas de escrever, estão escrevendo o futuro” – Keen #
  • Caetano Veloso considera que Andrew Keen – autor destas ideias – "no essencial tem razão"… #
  • @andreduchiade é o livro mais patético que já li. Uso na dissertação, porque era bastante representativo sobre elitismo contrário à Internet #
  • [email protected] "Sei o que quero. Ou não. Mas não sabendo, acabo sabendo que não sei. Como a ignorância. Que é um saber também. Ou não" Caê #

Powered by Twitter Tools