Suprema Corte apóia casamento gay

A Suprema Corte do Canadá deu sinal verde ao governo do país ontem para legalizar o casamento gay ao decidir que a Constituição permite a redefinição do casamento como a “união entre duas pessoas”, em vez da tradicional definição de “união entre um homem e uma mulher”. O tribunal, no entanto, rejeitou o pedido do governo para declarar que a Constituição tornava obrigatória a redefinição, o que daria uma vantagem ao premier Paul Martin, defensor da legalização, na batalha que enfrentará no Parlamento com os conservadores. (O Globo)