Religião e política

Chico Alencar (divulgação)

“(…) Claro que toda religião, sem exceção – as religiões orientais, as religiões de origem africana, as religiões ocidentais, especialmente o cristianismo – devem inspirar o fiel na luta pela superação de tudo que é pequeno no ser humano. Dalai Lama, certa feita, indagado sobre a melhor religião, não disse que era a dele: disse que é toda aquela que torna o ser humano melhor e com sentido de justiça mais apurado.”

“(…) Gandhi também dizia que aquele que acha que religião não tem nada a ver com política não entende nada de nenhuma das duas coisas. (…) Vamos conversar mais, vamos fazer do Parlamento um espaço de debate, e não um presépio onde alguns só dizem ‘amém’.”

Chico Alencar, 5 de setembro de 2001, em discurso em que critica o uso político da religião por parte do então governador do Rio, Garotinho