“O tédio é a verdade em estado puro”

Jacques Rigaut [1898-1929], escritor francês, em “Papeis Póstumos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *