Mais 15. Mais 150 anos de Consciência

fotoEstá próxima a data da comemoração dos 15 anos de Consciência e, da minha parte, parece-me uma oportunidade adequada para fazer uma espécie de balanço, ainda que seja de maneira rápida e, necessariamente, parcial.

Só poderia fazer isto desde um ponto de vista pessoal, ou seja, desde o ponto de vista de como o vir a me tornar parte deste projeto de revista, contribuiu para o meu crescimento e desenvolvimento como pessoa.

Comecei a contribuir com escritos quando Consciência era ainda um blog, e isto teve enorme importância para o aumento e melhora da minha auto-estima, uma vez que me encontrava nessa época, passando por um processo pessoal bastante delicado, em termos de saúde.

Lembro com emoção, quanto me alegrava ver os meus escritos publicados em Consciência. De lá para cá, a revista cresceu, foi mudando de fisionomia, tornou-se uma das mais importantes publicações digitais do Brasil.

Até o dia de hoje, fazer parte deste projeto coletivo, é uma parte muito importante da minha vida e da minha atuação. Não apenas posso partilhar meus pontos de vista e desenvolvimentos no campo sobre tudo da Terapia Comunitária Integrativa, minha principal frente de atuação, como, ainda tenho a possibilidade de fazer isto também como cidadão e como pessoa humana.

A recente e gravíssima agressão da PM do Paraná contra os docentes em greve, que foi praticamente ignorada pela chamada grande imprensa deste país, veio evidenciar mais uma vez, o quanto é importante que continue a existir este espaço de veiculação de pontos de vista favoráveis a um projeto de país mais justo, mas includente, menos autoritário, mais democrático.