Indústria farmacêutica incentiva “memória fraca” na mídia

Por Gustavo Barreto (*), da redação

O jornal Folha de S. Paulo está selecionando projetos de pesquisa sobre a história do jornalismo brasileiro. O programa “Folha Memória” selecionará três projetos de pesquisa e premiará seus autores com uma bolsa de R$ 2.300 mensais, com patrocínio da maior transnacional farmacêutica do planeta, a Pfizer. E se o projeto em análise for sobre jornalismo científico e os malefícios dos laboratórios privados para o sistema de saúde global?

Publicado no Portal Vermelho, Jornal Cidade de Itapetininga, Federação Nacional dos Farmacêuticos, Jornal Tem Notícia. Clique no título para ler na Revista Consciência.Net.