Fim de ano

Tempo de olhar para trás e para cá

Instante de valorizar o presente

Vir para o mais próximo, o fato de estar vivo

A respiração

Essa cor em que posso me aninhar

O amarelo que me acolhe

Tempo de reunir as forças, valorizar o feito

Habitar o momento como a maior riqueza

Saber que temos nas nossas mãos o poder de refazer a vida

Saborear os frutos do agir

Os afetos construídos

A auto-estima em permanente reconstrução

Mais um dia é todo dia

Projetar como a semente

Um futuro feito de ternura e afeto

Confiar vencendo o medo