Entidades lançam manifesto em defesa da política de saúde mental e pedem reforma

No último 14 de dezembro, a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco) e o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) realizaram uma reunião em decorrência das matérias veiculadas no jornal “O Globo” de 09 de dezembro (Sem hospícios, morrem mais doentes mentais e ‘O governo não quer saber de quem ouve vozes’). O encontro, realizado no Instituto Philippe Pinel, congregou representantes de entidades, instituições, movimentos sociais, conselhos profissionais, sindicatos e interessados nos campos da saúde, saúde mental, direitos humanos e áreas correlatas.

Leia aqui o informe sobre a reunião, que teve como um dos seus desdobramentos o Manifesto em Defesa da Política de Saúde Mental e do Processo de Reforma Psiquiátrica no Brasil (Leia e assine o documento clicando aqui). Leia também a nota do Conselho Federal de Psicologia (CFP) sobre a matéria da Reforma Psiquiátrica no Globo e a moção e manifesto de apoio à Reforma Psiquiátrica divulgados no 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva e 11º Congresso Mundial de Saúde Pública (Salvador 2006).

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Opinião. Tags: .