As várias cores do petróleo

As várias cores do petróleo (clique na imagem para ampliar).

LGBT, lideranças religiosas e ativistas de direitos humanos de todo o estado se juntarão à manifestação a favor dos royalties do pré-sal amanhã (17/3) às 16h na Candelária (clique na imagem para ampliar)

Convocados pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SUPERDir/SEASDH) do Governo do Estado, a comunidade LGBT fluminense, ativistas de direitos humanos e líderes religiosos já se organizam para marcar presença no ato de reivindicação da (injusta e covarde) divisão dos royalties do petróleo. A SUPERDir participará do evento com dois trios elétricos, um representando a comunidade LGBT, com uma ala de drag queens, DJs, bandeiras do arco-íris (símbolo internacional LGBT) e outro com lideranças  religiosas vestidas à caráter, vindos de mais de 20 municípios do Estado, em 50 ônibus. Do alto dos dois trios serão lançados ao céu dois mil balões pretos em protesto contra a Emenda Ibsen.

“O Governo do Estado, através da SUPERDir/SEASDH trabalha arduamente na promoção, monitoramento e garantia de direitos LGBT; além de repudiar a intolerância religiosa que ainda teima em se difundir no Rio, e vem atuando contra essa chaga. Esta Superintendência se junta à luta de todo o Governo do Estado e da sociedade fluminense que vive a covardia da emenda Ibsen Pinheiro e convida os segmentos LGBT, ativistas de Direitos Humanos, Religiosos e todos os fluminenses a irem às ruas a fim de assegurarem os direitos mais do que justos de nosso Estado”, convida o Superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento, que é também ativista gay e de direitos humanos.

O Governador Sérgio Cabral declarou em entrevista que a emenda “inviabiliza as Olimpíadas e a Copa do Mundo”. Além disso, caso o projeto se transforme em lei, perderá RS 7 bilhões, mais do que o estado investiu no ano passado em infra-estrutura, que foi cerca de 4 bilhões. É uma covardia contra o Rio de Janeiro, pois faltarão recursos essenciais para pagar aposentados e pensionistas, e para investimentos em obras, segurança, saúde, educação, meio ambiente, assistência social e direitos humanos.

Vamos defender nossas riquezas, lutar pelo nosso estado! Contra a covardia, em defesa do Rio de Janeiro!

Serviço
Ato Contra a Covardia, em Defesa do Rio!
Dia: 17/03/2010 (quarta-feira)
Concentração: Candelária
Horário 16h

Informações para a imprensa:
Márcia Vilella | Diego Cotta
Tels: 21 2284 2475 | 2234 9621 | 8158 9692

Sou gaúcha,mas ja moro no Rio há mais de trinta anos,AMO esta cidade e tenho filho e neto cariocas.
É o lugar mais lindo que já vi!e não admito esta COVARDIA com o nosso RIO DE JANEIRO.
OBRIGADA.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *