Agora

Agora

Não sei quanto tempo ainda vai durar esta pandemia

Aprendi a respeitar a morte

Potenciar a vida é o resultado

Revalorizar a minha história

E o tecido que me une com as pessoas ao redor

Saber que humano não se nasce, se faz

É fruto de um esforço cotidiano

Precisamos de um governo humano

Que cuide dos seres humanos

E do lado de cá,

Atenção ao afeto, aos vínculos, aos projetos

Para fazer do aqui agora — deste preciso instante– algo de muito valor