A vida é mais!

A vida é mais, é sempre mais.

Os regimes ilegais, autoritários, ilegítimos, oligárquicos e excludentes, fazem de tudo para nos convencer de que as suas agressões aos direitos humanos, sociais e laborais, são tais que podem apagar o desejo de viver.

Não podem. A história está aí. A experiência de vida de quem já passou por situações semelhantes está aí. Nada pode ser mais, nada é mais do que a própria vida.

Nada é mais do que o amor. Nada é mais do que a amizade, a solidariedade, a cooperação, o fazer juntos/as.

Vamos refazer o Brasil sim, de muitas maneiras. Muitas mãos, muitas cabeças e corações decentes e amantes, refazendo o país.

O amor é um poder que não pode ser superado por nenhum outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *