Vão ensinar o faminto a não comer
Carlos Chagas, Tribuna da Imprensa
22 de dezembro, 2003

É bom repetir mestre Helio Fernandes, para quem, no Brasil, o dia seguinte sempre consegue ficar um pouquinho pior do que a véspera. Depois de o PT cassar quatro de seus parlamentares por crime de opinião e em seguida à declaração do ministro Antônio Palocci de que a atual política econômica não vai mudar, outra pérola foi produzida pelo governo Lula.

O Ministério do Trabalho assinou convênio com o Conselho Federal de Psicologia para acostumar os desempregados a receber negativas de pedidos de emprego, ou seja, a palavra "não", sem se desesperar nem perder a esperança de um dia encontrar trabalho...

Um ministério também denominado "do Emprego" deveria fechar, antes de tentar convencer o trabalhador a se conformar em não poder trabalhar. É mais ou menos como se o ministério da Segurança Alimentar desenvolvesse um programa para ensinar o cidadão a viver sem comer. Ou o Ministério das Minas e Energia desenvolvesse um programa para acostumar a população a viver no escuro.

A gente se pergunta como absurdos assim podem acontecer, e à sombra do poder público, mas acontecem. Há males, no entanto, que vêm para bem. Quem sabe a moda pega no Ministério da Fazenda e este invente um programa capaz de convencer nossos credores a não receberem os juros da dívida externa? (...)


Tribuna da Imprensa | Opinião

Busca no site | Principal..Consciência.Net


Publicidade

.