O cigarro morreu! Viva o celular!

Castelo, escritor (mais aqui)