10 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás

O MST realiza no dia 18 de abril (terça), no Rio de Janeiro, dois atos para lembrar os 10 anos do massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido no dia 17 de abril de 1996, no Pará. Foram assassinados 19 Trabalhadores Rurais Sem Terra. Desde então, neste dia camponeses do mundo inteiro se mobilizam num grande mutirão pela realização da reforma agrária, por trabalho e justiça. Às 16h, haverá uma ato Contra a Impunidade, em frente ao Tribunal de Justiça, na Av. Antônio Carlos. À noite, às 18h, na Cândido Mendes serão lembrados os 10 Anos do Massacre. Rua da Assembléia, 10 – Auditório Teotônio Vilela – subsolo. Informações na Secretaria Estadual do MST: (21) 2532-3409.

ASSASSINOS EM LIBERDADE. Em 17 de abril de 1996 a Polícia Militar recebeu ordens do então governador do estado do Pará, Almir Gabriel (PSDB), para desobstruir a estrada onde estavam os trabalhadores a qualquer custo. O primeiro julgamento foi anulado. O terceiro e último condenou os dois principais comandantes da operação policial, major José Maria Pereira de Oliveira e coronel Mário Collares Pantoja. Eles apresentaram recurso em 2005 e aguardam a decisão da justiça em liberdade. (Com informações da CUT-RJ)

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Opinião.