UNICEF: Comitê de Prevenção de Homicídios na adolescência é criado no Ceará

jovemfavela_120814_wilsondiasO comitê será responsável pelo levantamento de informações sobre as trajetórias pessoais de adolescentes vítimas e autores de assassinatos. O objetivo é obter informações para a criação de políticas públicas capazes de prevenir e dar resposta aos homicídios na adolescência.

Foi lançado nesta sexta-feira (11), em Fortaleza, o Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência. A iniciativa da Assembleia Legislativa do Estado conta com o apoio do governo do Estado do Ceará e a coordenação técnica do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

O comitê será responsável pelo levantamento de informações sobre as trajetórias pessoais de adolescentes vítimas e autores de assassinatos. O objetivo é obter informações para a criação de políticas públicas capazes de prevenir e dar resposta aos homicídios na adolescência.

Serão realizadas pesquisas de campo e audiências públicas e a elaboração de um relatório com propostas de intervenção que será entregue ao Governo do Estado. O comitê foi criado a partir da assinatura do protocolo de intenções pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, Zezinho Albuquerque, pela vice-governadora Izolda Cela e pelo representante do UNICEF no Brasil, Gary Stahl. Presidido pelo deputado estadual Ivo Gomes, o Comitê terá como relator o deputado Renato Roseno.

Embora os índices de homicídios tenham caído nos últimos meses no Estado, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ceará é o terceiro Estado no Brasil com o mais alto Índice de Homicídios na Adolescência (7,7), depois de Alagoas (8,82) e Bahia (8,59). No Estado, a taxa de homicídios de adolescentes é de 60/100 mil, mais que o dobro da média brasileira (29/100 mil).

Fortaleza lidera o ranking das capitais brasileiras com maior Índice de Homicídios na Adolescência (IHA). A cidade de Fortaleza tem o maior IHA entre as capitais (9,9), seguida de Maceió (9,4) e Salvador (8,3).

Fonte: Nações Unidas – Brasil
http://nacoesunidas.org/unicef-comite-de-prevencao-de-homicidios-na-adolescencia-e-criado-no-ceara/

Comentários

comentários