UNESCO lembra importância da solidariedade mundial para construir mundo pacífico

Em mensagem para o Dia Internacional da Paz, lembrado nesta quinta-feira (21), a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, lembrou o poder da solidariedade mundial para construir um mundo pacífico e sustentável.

“Isso nunca foi tão importante como agora, em um momento de desafios sem precedentes. Novas forças que visam à divisão surgiram, espalhando o ódio e a intolerância”, declarou Irina em comunicado para a data.

“O terrorismo alimenta a violência, enquanto o extremismo violento busca envenenar as mentes das pessoas vulneráveis e dos jovens. Nas partes mais pobres e menos desenvolvidas do mundo, desastres naturais relacionados ao clima se somam às fragilidades existentes, o que aumenta as migrações forçadas e o risco da violência”, afirmou.

Segundo a diretora-geral da UNESCO, obstáculos à paz são complexos e difíceis — nenhum país é capaz de resolvê-los sozinho. “Fazer isso exige novas formas de solidariedade e ação conjunta, o que deve começar o mais cedo possível”, disse.

“Esse é o espírito do apelo realizado pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, por um novo movimento de prevenção para apoiar a paz, que reúna os governos e a sociedade civil, assim como os organismos internacionais e regionais.”

Para Irina, as mudanças estão acontecendo em todo o mundo — nosso objetivo deve ser abraçá-las com base nos direitos humanos, para moldá-las em direções positivas, visando a criar um futuro mais justo, inclusivo e sustentável.

“A cultura de paz é uma cultura de diálogo e prevenção e, nesse contexto, o papel das Nações Unidas nunca foi tão essencial. A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável afirma que não pode haver desenvolvimento sustentável sem paz e não há paz sem desenvolvimento sustentável. O mesmo espírito sustenta as resoluções de 2016 do Conselho de Segurança e da Assembleia Geral sobre a manutenção da paz.”

Segundo Irina, precisamos de uma abordagem nova e abrangente para tratar das causas, fortalecer o Estado de direito e promover o desenvolvimento sustentável, com base no diálogo e no respeito. “Isso orienta todas as ações da UNESCO para construir a paz por meio da educação, da liberdade de expressão, do diálogo intercultural, do respeito aos direitos humanos e à diversidade cultural, e da cooperação científica”.

“Neste Dia Internacional da Paz, devemos renovar o nosso compromisso com a solidariedade mundial. Para sustentar a paz, nós devemos construí-la todos os dias, em todas as sociedades, com a participação de todas as mulheres e todos os homens, trabalhando juntos rumo a um melhor futuro comum para todos.”

(21-09-2017)

Fonte: Nações Unidas
https://nacoesunidas.org/unesco-lembra-importancia-da-solidariedade-mundial-para-construir-mundo-pacifico/

Share

Comentários

comentários