Trabalhadores morrem em mina da Vale no Canadá

Por Danilo Augusto, da Radioagência NP

Dois trabalhadores da mineradora brasileira Vale morreram no Canadá. Os operários foram soterrados após um deslizamento na parte subterrânea da mina de níquel onde trabalhavam. O acidente ocorreu a 1 mil metros de profundidade. Na última semana, a Vale foi eleita a pior empresa do mundo pelo prêmio Public Eye Awards, justamente por causar problemas trabalhistas, além de problemas ambientais e sociais.

Após o acidente, a mineradora paralisou as atividades. A Mina, que fica na cidade de Sudbury, já tem um histórico de problemas. Os trabalhadores da unidade já realizaram greve que durou um ano e meio exigindo melhores condições de trabalho.

A Vale foi fundada em 1942 e privatizada em maio de 1997 pelo governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). A estatal foi adquirida pela iniciativa privada pelo valor de US$ 3,4 bilhões. Atualmente, seu valor de mercado passa de US$ 140 bilhões.

Com atuação em aproximadamente 30 países, a mineradora vem provocando conflitos sociais e ambientais. Diante disso – em 2010 – 80 organizações, presentes nos cinco continentes, organizaram o Movimento Internacional dos Atingidos pela Vale. Com a mobilização, foi criado um dossiê, que demonstra a ação devastadora da empresa. O documento foi entregue à Organização das Nações Unidas (ONU) e à Organização dos Estados Americanos (OEA).

Comentários

comentários