O caso de 89

Devemos ficar sempre atentos. “Foi há muito tempo”, minimizam alguns. No entanto, na sociedade do espetáculo, devemos lembrar que a percepção ainda é mais importante que a realidade (infelizmente). A (…)