Situação de ativistas de direitos humanos é crítica no Brasil, alerta ONU

Um relatório preliminar da ONU destacou algumas áreas críticas sobre a situação dos defensores de direitos humanos no Brasil, segundo a relatora independente junto à ONU, Hina Jilani, que visitou o país em dezembro. Jilani disse que um dos aspectos observados por ela é que apesar de o governo estar a par do trabalho dos ativistas de direitos humanos, ainda há problemas com relação aos direitos e proteção dessas pessoas. De acordo com o relatório, há pontos críticos como falta de segurança, ameaças, retaliações, condições precárias nas prisões e também casos de abuso de poder. Mas segundo Jilani, apesar de o que ela chamou de “circunstâncias difíceis”, o movimento de direitos humanos é extremamente vibrante e ativo no Brasil. Informações da Rádio das Nações Unidas, em 31/3/2006.

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Opinião.