“Sem regularizar territórios não há como fazer políticas públicas”, afirma Jesus do Rosário Araújo, da Federação Quilombola de MG.

“Sem regularizar territórios não há como fazer políticas públicas”, afirma Jesus do Rosário Araújo, da Federação Quilombola de MG.

Audiência Pública na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais debate Política Estadual para o Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais de Minas Gerais – Jesus do Rosário Araújo, presidente da Federação Quilombola de Minas Gerais – 20/3/2019. Filmagem de frei Gilvander Moreira, da CPT, das CEBs e do CEBI.

O presidente da Federação dos Quilombolas de Minas Gerais, Jesus Rosário Araújo. Foto: Reprodução / www.gazetanortemineira.com.br

Edição de Nádia Oliveira, colaboradora da CPT-MG. Inscreva-se no You Tube, no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe. Sugerimos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *