Sem justiça

Ao inexistente poder judiciário brasileiro. Há situações que exigem uma tomada de posição, uma atitude concreta. A forma como vocês tem agido com relação a Lula, inclusive frente à morte do seu neto Arthur, foi a gota d´agua que me leva a lhes dirigir estas linhas.

Não concebo que uma pessoa possa ser tratada com tanta crueldade, violência, insensibilidade, desumanidade. Isto foi feito ao violar o direito de Lula acompanhar a partida do seu neto, em condições decentes.

Fizeram um operativo policial totalmente desnecessário. Vocês podem acreditar que toda esta barbárie vai ficar impune, porque hoje parecem estar blindadas e blindados, mas a história mostra que não há crime institucional que não se pague, com o passar do tempo.

Eu não estou apelando para uma insurreição do povo brasileiro para pôr fim a este império do abuso de poder que vocês vêm legitimando desde, pelo menos, 2013. Na atual circunstância, creio que cabe à cidadania decente, simplesmente testemunhar a aberração de um judiciário totalmente conivente com a destruição dos mais elementares princípios da existência humana.

No que me diz respeito, no entanto, não tenho nada a perder, apenas a ganhar. Posso ganhar paz de espírito saindo de um silêncio que já se me tornou simplesmente insuportável.

Vim para o Brasil e aqui fui acolhido, quando este país começava a sair das trevas da ditadura. Fiz parte, e continuo a fazer parte, desse setor da população que aposta nas mudanças miúdas, no efeito positivo das atitudes honestas e decentes que somos capazes de praticar no dia a dia.

Um bom dia, uma boa tarde. O respeito às pessoas que trabalham. A necessidade de valorizar a vida em todas as suas dimensões, condições e situações. Tudo que vocês simplesmente vêm atropelando cotidianamente, com a prisão injusta de Lula, com atitudes agressivas e desnecessárias que configuram uma perseguição politica contra o PT.

Não poderia viver em paz com a minha consciência, se continuasse fazendo de conta que tudo está bem. Não espero nada de vocês, a não ser que vão embora deste país que merece autoridades à altura de um Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *