Revolução em Kirguistão

Por Isaac Bigio

LONDRES, 24/3/2005. O Kirguistão está localizado entre a antiga URSS, China e o subcontinente indiano. A rebelião instalada ali pode ter um impacto em toda a região.

As revoluções que Bush incitou na Georgia e na Ucrânia não apresentaram mortes e foram lideradas por caudilhos pró-EEUU. No Kirguistão a rebelião popular é violenta, tem como principal inimigo o derrocado presidente Akayev, a quem Washington considerava o paladino da economia e da democracia liberales na Ásia Central. O Kirguistão foi o primeiro ex-estado soviético a ser admitido na OMC e conta com bases militares norte-americanas.

Uma possível guerra civil no Kirguistão é algo que pode acabar atiçando rivalidades entre Washington, Moscou e Beijing. Pode ter desenlaces muito complicados devido ao Partido Comunista ser a maior oposição e aos muitos islâmicos e nacionalistas étnicos.

Comentários

comentários

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Sem categoria. Tags: .