Reconstruir

É onde melhor me encontro, na Terapia Comunitária Integrativa. A TCI repõe o pertencimento. Nem posso pensar o que teria sido de mim se não entrasse nesta rede.

Certamente, verdadeiramente e evidentemente, a minha família e alguns amigos e outras pessoas solidárias foram fundamentais. Mas sem a TCI e sem Maria, nada haveria.

Aqui encontrei o reflexo do meu próprio ser. A identidade que sempre busquei. O enraizamento indispensável pra sobreviver. Os laços que dissolvem o estranhamento. O acolhimento sem o qual não se vive.

Como enfrentar a injustiça, promover a inclusão social, reforçar os laços solidários e a autoestima das pessoas?

A minha esperança está no fortalecimento das redes sociais, o tecido sadio que sobrevive a todas as destruições. Isto é o que aprendi com a minha história de vida. Isto é o que me da força pra saber que há caminho pela frente.

Há uma força que vem da arte, da cultura, dos direitos humanos, da fé, da decência, da consciência. Essa força prevalece, no decorrer do tempo.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *