Quem Sou,de Onde Venho









Pois ai vai
Meu destino foi controlado e desviado pela falta de DINHEIRO.
Meus pais apos a guerra fizeram tudo para superar.
Eram almas maravilhosas,as poucas que sobreviveram Hitler.
O que sobrou,crious este mundo em que hoje vivemos.
O DINHEIRO, GANANCIA tomou conta.
Vivemos neste BAILE de VAMPIROS com a excecao de poucos.
Eu cresci obeservando a luta de meus pais,amei os dois e vivo com eles em meu coracao.
Sao os meus role models de seres humanos.
No Brasil,meu pai lutou ate quando seu corpo nao aguentou.
Lembro me de seus ultimos momentos,segurando sua mao e seu ultimo suspiro.
Ele me perguntava,como vou sobreviver,cercado de meus desenhos publicados e o premios que eu ganhava,recortes que eu preguei nas paredes do quarto do Hospital Nove de Julho.
Minha mae ao meu lado,dsconsolada.
Eu ja trabalhava na Folha de S.Paulo como diagramadora.
Meses depois,por estar trabalhando quase 20 horas por dia,enfraquecida cai doente e tive que passar por uma operacao de emergencia.
Neste entretempo,o Zelio Alves Pinto apareceu na Folha.
Ele junto com Antonio Pimenta Neves me assediavam brutalmente.
Pimenta me seguia que nem uma sombra e Zelio fazia desenhos pornograficos para me molestar,nao parando de me assediar..
Inventaram e espalharam fofocas e mentiras ,que eu e Claudio Abramo,o chefe de redacao,que me ensinou a diagramar jornal e estava prestes a me promover,contrariando suas proprias regras,porque eu era ainda menor ,tinha 17 anos,e ele ser famoso por nao deixar mulher trabalhar em redacoes.
Quando eu estava no hospital,anemica e precisando de tempo para recuperacao,recebi uma visita do chefe de fotografia do jornal,o Gois.
Gois me informou que Zelio e Pimenta usaram o Tavares de Miranda,colunista social para infernizar a vida do Claudio Abramo inventando que havia um caso entre eu e o Abramo,caso que nunca existiu.
Ele me avisou que meu emprego estava em perigo.
De imediato vomitei todo o sangue que existia em mim,no lencol branco.minha mae na ponta da cama.
Disse a minha mae, Pronto,Me ajuda a vestir minha roupa,e vamos cair fora daqui.
Fomos para casa, tomei um banho e fui sozinha la para a Folha.
Quando chego na redacao, branca que nem giz, Zelio tomou o meu lugar e Pimenta gargalhando diz na frente de todos:

” Voce aqui?” Se precisar de trabalho,Marguerita,va bater bolsinha na esquina!”

Entao,como o Frias,dono do jornal sabia que era mentira,para me manter la,criou uma posicao para mim. De eu trabalhar no predio ao lado e ser a diretora de arte para promocoes dos 5 jornais. Eu criava posters e folhetos.
Tinha uma sala sozinha.
Mas Zelio e Pimenta,,tinham mais um objetivo.
Como nao conseguiram me estuprar e agora com o Frias ciente de seus planos diabolicos,usaram outro estratagema.
Menos de seis meses,da morte de meu pai,eu andava inconsolavel.
Trabalhava que nem uma maquina,fazendo capas de livros para editoras,desenhos para o Suplemento Literario do Estadao,,trabalhando no jornal. Um certo dia,numa manha de sabado,um dia lindo e azul,fui abordada por um colega que era da parte comercial e marketing.
u o via de passagem, e ele sempre falava comigo sobre o meu trabalho grafico.
Ele me convidou para tomar um cafezinho no bar em frente.
Depois disso me perguntou o que eu gostaria de fazer.
Disse a ele,que se eu pudesse,queria mesmo era ir ao cemiterio onde meu pai estava para sentar la perto de meu pai.
Entao ele,o Paschoal,o que eu descobri mais tarde ,tinha sido escolhido por Pimenta e Zelio,para me abordar.
Paschoal se ofereceu a me levar la no Butanta.
Inves de me levar la,ele me levou de fato a granja onde ele era dono do terreno.
La ele me agarrou e me estuprou e se deu conta que eu era virgem.
E me contou que Zelio e Pimenta armaram o truque.
Eu nao tinha 18 ainda.
Zelio e Pimenta,fizeram tudo para me escandalizar.

Anos mais tarde, Pimenta ,chefe do Estadao matou uma mulher.

Zelio ainda nao foi alcancado.

Mas,tem um historico em como ele me seguiu sem parar,por anos,no Brasil ,Suica, Franca e aqui nos Estados Unidos me criando um character assassination,que me afetou singularmente.

Espero que voce acreditem minhas palavras.
Mas esta e a verdade nua e crua.,so faltando mais detalhes e minucias para compor este quadro de horror.
Eu tenho hoje 59 anos.
Contei aos meu dois filhos a minha trajetoria.
Nada tenho a temer.
Sou transparente e forte.
Meu corpo foi estuprado,
Minha mente saudavel.
Marguerita
http://www.thepoignantfrog.blogspot.com

Share

Comentários

comentários