Projeto argentino apresenta cartas enviadas a Lula na voz de personalidades políticas

“Cartas para Lula” é uma iniciativa de historiadores da Argentina em parceria com a rádio de uma universidade pública

O projeto Cartas para Lula, realizado pela Universidade Nacional de General Sarmiento (UNGS), foi apresentado nessa segunda-feira (09) durante a Aula Magna da Universidade Metropolitana para a Educação e o Trabalho (UMET), em Buenos Aires, na Argentina.

Cartas para Lula consiste em uma série de dez podcasts que retoma, na voz de importantes personalidades políticas e culturais do país, algumas das mais de 15 mil cartas que o ex-presidente brasileiro recebeu desde sua prisão no dia 7 de abril de 2018. A iniciativa busca divulgar a solidariedade e o reconhecimento do povo brasileiro ao líder do Partido dos Trabalhadores (PT) e denunciar sua prisão política.

Participam dos dez episódios personalidades como Taty Almeida, dirigente das Mães de Maio Linha Fundadora, o sociólogo Horacio González, a cantora Liliana Herrero e Estela de Carlotto, uma das fundadoras da Associação Avós da Praça de Maio.

A proposta está baseada no projeto prévio Linhas de Luta, uma exposição lançada um ano após a prisão do ex-presidente e dedicada às cartas que ele recebeu no período, em uma iniciativa de historiadores e historiadoras de diversos países.

O lançamento do projeto argentino contou com a presença de diversos integrantes de organizações sociais, estudantes e professores. Participou da Aula Magna a reitora da Universidade Nacional General Sarmiento (UNGS), Gabriela Diker – uma das personalidades que dá voz e rosto às cartas de Lula. “Muitas vezes nos perguntamos qual é a função de uma universidade pública e eu acredito que a função de uma universidade pública está refletida, por exemplo, neste trabalho”, expressou.

Durante o evento, a historiadora Maria Paula González, uma das integrantes do projeto, afirmou que a iniciativa foi realizada pelo reconhecimento de que as cartas enviadas ao ex-mandatário representam um “tesouro histórico e político” e que, num contexto de perseguição político-judicial, corriam o risco de desaparecer.

Os dez episódios de Cartas para Lula foram ao ar na rádio da UNGS, FM La Uni, e podem ser ouvidos gratuitamente no Spotify ou no canal do YouTube da emissora [em espanhol].

Fonte: PT

(10-09-2019)