População vítima da insegurança alimentar

Quarenta por cento dos distritos do Panamá são altamente vulneráveis à insegurança alimentar, o que quer dizer que sua população está em risco de padecer de fome e mal nutrição, adverte um informe intitulado “Análise e Cartografia da Vulnerabilidade à Insegurança Alimentar no Panamá”. O documento foi elaborado pelo Ministério de Desenvolvimento Agropecuário (MIDA), com o apoio técnico e financeiro do Programa Mundial de Alimentos (PMA), e o acompanhamento do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Matéria da Agência ADITAL.

Share

Comentários

comentários