Polícia prende petroleiros em manifestação no Rio

Na tarde desta quinta-feira, 18, manifestantes sofreram forte violência da Polícia Militar, durante um ato que ocorria em frente à Agência Nacional do Petróleo. Dentre os feridos, encontra-se Eduardo Henrique, do sindicato dos petroleiros, que está gravemente ferido no hospital. Ainda, quatro petroleiros foram presos e encontram-se na 5ª. DP, na Avenida Gomes Freire, no Centro do Rio.

A manifestação ocorria pacificamente quando cerca de 50 policiais militares começaram a agredir fortemente os manifestantes. O ato fazia parte da jornada Nacional de Lutas contra a 10ª. Rodada de Licitações do Petróleo e Gás. Para mais informações: Francisco Soriano (sindicato dos petroleiros) – (21) 9963.3605 / Antônio Neto (MST) – (21) 9296.8988. (Texto de Mariana Duque)