Para O Globo, somos todos funcionários públicos

Para 'O Globo', 105% da população brasileira depende do governo

Para 'O Globo', 105% da população brasileira depende do governo

Estou tentando entender até agora a manchete de ontem do Globo – “Cem milhões de brasileiros vivem com dinheiro público”. Para chegar a esse número, o Raul Velloso, o especialista consultado (especialista, como se sabe, é aquele sujeito que dá tinturas imparciais às teses que o jornal não tem coragem de bancar) juntou todos os que, direta ou indiretamente, pagam pelo parte de suas contas com dinheiro proveniente, de alguma forma, do governo federal (o que, dentro da estrutura mental dos responsáveis pelo Globo, quer dizer que são vagabundos parasitas). O total, ainda de acordo com Velloso, é de 48,8 milhões de pessoas, número esse dobrado, já que a família brasileira – ainda conforme o especialista – é composta por duas pessoas.

Para argumentar, vou considetar a premissa correta. Assim sendo, o raciocínio apresenta um problema sério – a família brasileira, para esse tipo de cálculo, de acordo com o IBGE, é formada por quatro pessoas, dois adultos e dois jovens que não tenham participação econômica. Dessa maneira, seguindo o raciocínio do jornal dos Marinho, o número seria de 200 milhões de pessoas dependendo do governo federal. Como a população brasileira, estimada pelo PopClock do IBGE, estava em 193.237.483 hoje, segue-se que todos habitantes do Brasil (incluindo os jornalistas do Globo) estão na folha de pagamento do governo.

Ivson Alves
[http://coleguinhas.wordpress.com/]