O sonho não acabou

sueñoSonho com o Reino que já veio e está vindo através de Jesus Cristo. Sonho com a humanidade revestida da humanidade de Cristo vivendo eternamente num mundo de justiça e paz. A ressurreição de Cristo sustenta este meu sonho e esta minha esperança.

Sonho com o respeito à vida humana.

Homem e mulher foram criados à imagem e à semelhança de Deus, isto é tem origem e características divinas (Imago Dei). O relato do Gênesis nos afirma que o homem abandonou o relacionamento privilegiado que mantinha com seu Criador. No entanto o homem continua como objeto do amor de Deus e este amor é demonstrado historicamente pela morte de Cristo na Cruz em nosso favor. Deus é afrontado quando o homem sofre por causa da injustiça. A vida humana é sagrada e quando, crianças, jovens e adultos e idosos são maltratadas e sofrem qualquer violência, isto não diz respeito somente ao direito penal, mas é uma afronta contra Deus. Sonho com as iniciativas públicas e privadas que enfrentem a cultura da morte, da opressão, da violência, da corrupção e promovam a paz e a vida, viabilizando condições dignas a todos os brasileiros.

Sonho com a justiça no mundo

Diz o salmista: Justiça e direito são o fundamento de teu trono, graça e verdade te precedem. Assim, reafirmo os princípios básicos do direito que declara que todos são inocentes até prova ao contrário. A lei que ouve antes de condenar, que procede na base de um inquérito rigoroso e imparcial, e que dá o veredicto só depois do julgamento. Assistimos estarrecidos, de lado inocentes previamente condenados por denuncias infundadas, e de outros criminosos que conseguem imunidade e impunidade. Poderes econômicos e políticos a serviço de um denuncismo difamatório e também a serviço de toda sorte de manipulação e corrupção jurídica que gera impunidade. Não se pode construir um país sem justiça, sem equidade, sem direito. Sonho com a condenação para os políticos e policiais corruptos, para os grupos de extermínio, para narcotraficantes, para colarinhos brancos que enriqueceram ilicitamente. Para tanto exorto os homens de bem, cristãos ou não, a não aceitarem suborno e agirem com equidade e justiça. Sonho com uma Igreja que apóia todas as iniciativas de moralização do aparato político e jurídico no Brasil.

Sonho com a pregação de um Evangelho que transforma vidas

Eu sei que o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo tem poder para transformar o coração do homem, dando-lhe parâmetros e motivação para um engajamento sério na busca por justiça, paz e retidão moral. Meu compromisso maior é com a propagação destas boas novas, pois almejamos que nossas elites e lideranças tocadas pelo amor de Deus, dirão quebrantadas e publicamente: “Pequei contra Deus e meus conterrâneos, roubei, aceitei suborno, me vali do poder para acumular riquezas de forma desonesta, explorei e oprimi trabalhadores, soneguei, adulterei e menti. Hoje me arrependo diante de Deus e do meu próximo, vou reparar materialmente o mal que causei. Pois recebi de Deus o dom inefável de sua graça e de seu perdão”. Cansei de ouvir testemunhos que dizem: “era remediado me converti e fiquei rico, não tinha carro agora tenho três.” Sonho com ricos que se convertem e repartem suas riquezas com os pobres.

Finalmente, sonho com a restauração final de todas as coisas.
As Escrituras me asseguram que a História caminha de forma irreversível para o domínio de Jesus Cristo sobre toda Criação. Sim, o seu Reino de justiça e paz já está entre nós e vira de forma definitiva na consumação dos tempos. Por isso olho para a ressurreição de Cristo como o acontecimento mais importante da História. Pois naquele momento Deus estava demonstrando que o mal e a morte não prevaleceriam. Enquanto aguardo a vinda do Senhor, quando o mal será vencido de forma completa e todos ressuscitarão para a vida eterna, milito no mundo cheio de esperança. Sou cristão / cidadão portador desta mensagem extraordinária de que Deus é o Senhor da História e que o seu Reino virá de forma definitiva e eterna. Então tudo será restaurado e o mal será erradicado. Quero ser parte desta restauração e experimentar aqui e agora sinais de justiça e paz entre os brasileiros.

Sonhar é caminhar em direção da utopia que perseguimos sem nunca desistir.

Eduardo Galeano assim nos encoraja para prosseguir sonhando e caminhando na direção da utopia:

Ela está no horizonte, me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos.
Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos.
Por mais que caminhe jamais a alcançarei.
Para que serve a utopia?
Serve para isso: para caminhar.