O Brasil e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos

A persistência de graves violações aos direitos humanos, como a prática sistemática da tortura, os milhares de casos de execuções sumárias, a violência contra os movimentos e organizações sociais que lutam pela reforma agrária e pelos direitos indígenas e seus líderes, bem como a criminalização de sua luta, o trabalho escravo, a discriminação racial e contra a mulher etc, etc indicam a necessidade de utilização de todos os mecanismos disponíveis no sistema interamericano para auxiliar na efetiva implementação dos direitos reconhecidos internacionalmente no ordenamento jurídico e na prática interna no Brasil. Por Patrícia Galvão Ferreira, dezembro de 2002. Para ver o Relatório 2002 de Direitos Humanos na íntegra clique aqui.

Comentários

comentários