No Rio, Garis fazem nova assembleia nesta quinta, às 10h, para avaliar a greve

De acordo com o Jornal do Brasil cerca de mil trabalhadores se reuniram nesta quarta-feira (5) em frente à Comlurb para pressionar pelo atendimento de suas reivindicações e pela revogação das 300 demissões anunciadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

A direção da Comlurb aceitou se reunir com representantes dos garis que estão em greve e revogou as demissões.

Os garis não fecharam um acordo e anunciaram que a greve continuará, pelo menos, até esta quinta-feira (6), quando será realizada uma nova assembleia, às 10h. Membros da Defensoria Pública participaram da reunião. Não houve repressão policial.

Atualmente, o piso salarial dos garis é de R$ 803. A categoria reivindica reajuste para R$ 1.200,00, entre outros direitos. A Prefeitura insiste em pagar no máximo R$ 877.

A assembleia é popular, já que o sindicato estava negociando sem consultar a categoria.

(Com informações do Jornal do Brasil e Claudia Santiago)