Mônaco e Vaticano: Agonias

Por Isaac Bigio

LONDRES, 25/3/2005. Vaticano e Mônaco são tão pequenos que o autor que vos escreve já os atravessou de ponta a ponta. Os dois têm administrações vitalícias que estão agonizando. Sem embargo, a proximidade do fim do reinado de João Paulo II e do príncipe Rainero III não acabarão com seus respectivos sistemas pré-republicanos.

Ambos micro-estados mantiveram estruturas de côrte feudal frente as revoluções democráticas dos séculos XVIII e XIX. Os dois vivem rodeados por França e Itália e confiam a essas repúblicas sua seguridade. Entretanto, há países da União Européia que não aceitam o Euro, pelo contrário, usam a moeda sem serem membros da UE.

Vaticano e Mônaco são muito ricos e poderosos emrelação ao seus tamanhos.O primeiro como sede da maior igreja do Planeta. O segundo como uma monarquia zona franca que acumula fortunas com o cassino,o turismo e os capitais que não pagam impostos aos ingressos.

Comentários

comentários

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Sem categoria. Tags: .