Mensagem de Páscoa do Papa Francisco

Dia 16.04.2017

Caros irmãos e irmãs, Feliz Páscoa!

Hoje, em todo o mundo, a Igreja renova o anúncio cheio de maravilha dos primeiros discípulos: “Jesus ressuscitou!” “Ressuscitou verdadeiramente, como havia predito!”

A antiga festa da Páscoa memorial da libertação do povo hebreu, da escravidão do Egito, tem aqui sua realização: com a Sua Ressurreição, Jesus nos libertou da escravidão do pecado e da morte, e, e nos abriu a passagem para a vida eterna.

Todos nós, quando nos deixamos dominar pelo pecado, perdemos o caminho certo, e passamos a andar errantes, como ovelhas desgarradas. Mas, o próprio Deus, nosso Pastor, veio em busca de nós, e para nos salvar, abaixou-Se até à humilhação da cruz. E hoje podemos proclamar: “Ressuscitou o Bom Pastor, que pelas Suas ovelhas foi ao encontro da morte. Aleluia!”

Ao longo dos tempos, o Pastor Ressuscitado não Se cansou de nos procurar , a nós, Seus irmãos desgarrados, pelos desertos do mundo. E com os sinais da Paixão, as feridas do Seu amor misericordioso, nos atrai para o Seu caminho, o caminho da vida. Hoje, também, Ele continua tomando sobre Seus ombros muitos irmãos e irmãs, oprimidos pelo mal, sob suas diversas formas.

O Pastor Ressuscitado vai em busca de quem se encontra desgarrado nos labirintos da solidão e da marginalização. Vai ao encontro deles, por meio de irmãos e irmãs que sabem aproximar-se, com respeito e com ternura, e fazer aquelas pessoas ouvirem Sua voz, uma voz jamais esquecida, a pedir-Lhe a amizade com Deus.

Ele toma sobre os ombros os que são vítimas de velhas e novas escravidões: trabalhos desumanos, tráficos ilícitos, exploração e discriminação, graves dependências. Ele carrega nos ombros crianças e adolescentes que se acham privados de sua alegria e tranquilidade… para serem escutados; e quem tem o coração ferido pelas violências sofridas entre as paredes de sua própria casa.

O Pastor Ressuscitado faz-Se companheiro de caminho de quantos são obrigados a deixar a própria terra por causa de conflitos armados, de ataques terroristas, de carestia, de regimes opressores. A estes migrantes forçados ele faz que encontrem irmãos sob todo o céu, para partilhar o pão e a esperança na estrada comum.

Nessas complexas e às vezes dramáticas situações, que o Senhor Ressuscitado guie os passos de quem busca a justiça e a paz; e dê aos responsáveis das nações a coragem de evitarem a deflagração dos conflitos e parar com o tráfico de armas.

Que Ele, nestes tempos, particularmente, ampare os esforços de quantos se empenham em levar alívio e conforto à população civil da Síria, a amada e martirizada Síria, vítima de uma guerra que não cessa de semear horror e morte. Ainda ontem, ocorreu o último ataque ignóbil contra os refugiados em fuga que provocou numerosas mortes e feridos. Que Ele traga paz a todo o Oriente Médio, bem como a toda Terra Santa, como ainda ao Iraque e ao Iêmen. Que não falte a proximidade do Bom Pastor às populações do Sudão do Sul, do Sudão, da Somália e da República Democrática do Congo, que sofrem a perpetuação de conflitos, agravados pela gravíssima carestia que castiga algumas regiões da África.

Que Jesus Ressuscitado proteja os esforços dos que, especialmente na América Latina, se empenham em garantir o bem comum das sociedades, por vezes atravessadas por tensões políticas e sociais, que em alguns casos, se convertem em violência. Que possam ser construídas pontes de diálogo, perseverando na luta contra a praga da corrupção e na busca de soluções pacíficas válidas às controvérsias, para o progresso e a consolidação das instituições democráticas, com pleno respeito ao estado de direito.

Que o Bom Pastor ajude a Ucrânia, ainda afligida por um conflito sangrento; que Ele a ajude a reencontrar a concórdia, e acompanhe as iniciativas voltadas a aliviar os dramas de todos os que sofrem suas consequências.

E que o Senhor Ressuscitado, que não cessa de cumular o continente europeu de Sua bênção, dê esperança a quantos passam por momentos de crise e dificuldades, especialmente por causa da grande falta de trabalho, sobretudo para os jovens.

Caro irmãos e irmãs, que como cristãos de qualquer confissão, estamos juntos a celebrar a Páscoa, ressoa numa só voz em toda a parte da terra, o anúncio mais belo: “ O Senhor ressuscitou verdadeiramente, como havia predito”.

Ele, que venceu as trevas do pecado e da morte, conceda a paz aos nossos dias.

Feliz Páscoa!

Caros irmãos e irmãs,

Dirijo meus votos de Feliz Páscoa a todos vocês, aqui reunidos , vindos da Itália e de diversos países, bem como a quantos se acham ligados por vários meios de comunicação. O anúncio pascal do Cristo Ressuscitado possa reacender as esperanças de suas famílias e de suas comunidades, em particular das novas gerações, o futuro da Igreja e da Humanidade.

Um especial agradecimento dirijo aos que ofertaram e aos que decoraram com flores, que também vieram dos Países Baixos.

Que vocês possam sentir, a cada dia, a presença do Senhor Ressuscitado, e dividir com os outros a alegria e a esperança que Ele nos dá. Por favor, não esqueçam de rezar por mim. Boa Festa e até logo!

Share

Comentários

comentários