Memória Murada

A Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria acabaram, mas muitas outras ainda estão no dia-a-dia dos habitantes de Berlim: a xenofobia, o neonazismo, as lutas sociais, a negação do passado e o próprio desentendimento entre a política e a história contradizem a paz proclamada em 1989. Pedaços do muro ainda se encontram pelos arredores da capital alemã. Sejam em cartões postais, sejam erguidos próximo ao Check Point Charlie, ainda lembram o que existiu há pouco mais de uma década. De Berlim, para a Revista Consciência.Net, abril de 2005.

Share

Comentários

comentários