Limites

Não podemos aceitar que o governo pretenda semear ainda mais ódio e destruição no meio de uma população já fragilizada pela ação que desembocou no golpe de estado de 2016. Racharam esse tecido miúdo em que consiste a sociabilidade. A cortesia, o respeito às diferenças, tudo foi destruído para botar Lula na cadeia sem culpa cometida.

Não podemos aceitar que um governo dominado por parasitas e imorais, pretenda que as pessoas trabalhem até morrer. A extinção da aposentadoria para os trabalhadores e trabalhadoras é um insulto à humanidade, uma degradação da condição humana.

Antigamente os setores ultraconservadores apelavam para as ditaduras para oprimir e explorar o povo. Hoje em dia contam com o recurso da dominação das pessoas pelas redes sociais. Calúnia, difamação, desinformação, distração continuada, criam um caos perceptivo e um alheamento que permite e sustenta o atual quadro político brasileiro.

Ainda estou para ver o momento em que a população brasileira crie coragem para retomar nas suas próprias mãos a tarefa de reconstruir a democracia, refazer a cidadania, recuperar a dignidade perdida.