Lendo

Hoje estive novamente em Pitimbu, uma praia próxima de João Pessoa. As areias brancas, os troncos de coqueiro devolvidos pelo mar, os barcos dos pescadores a flutuar, lentamente, ao sabor das ondas. Tive a impressão de que as ondas estavam como cortadas a cinzel, projetando as suas sombras como se fossem objetos fixos e não móveis, como pequenas cristas de montanhas em um movimento parado.

Nas ruazinhas do vilarejo, casas humildes, muitas flores ao nosso passo, e aquela sensação de que a vida deve ser muito mais quieta nestes lugares. A gente volta para a cidade com alguma coisa a mais, uma como sensação de que algo foi recuperado, uma impressão de infância, de barro, cheiro de plantas, gente simples que anda pelas ruas sem asfalto. Num lugar assim, as conversas fluem com uma cadência mais quieta.

Agora, em João Pessoa, já noite, uma velha canção da minha juventude chega desde a rua: Yellow River. Não a ouvia há anos. De tarde, vi algumas pessoas na TV Escola dando a sua opinião sobre a leitura, o ler livros, o que é que um bom livro faz conosco. O tempo se suspende, nos encantamos, alguma coisa se mexe dentro de nós, perdemos a noção do que nos rodeia. Amplia-se a nossa experiência. Ganhamos mais elementos de juízo para o viver.

Conhecemos de nós mesmos coisas que somente as vemos ao lermos um livro. Viajar, ler, é isto e muitas outras coisas. Lembrei de um livro de Henry James que estou lendo, Os papéis de Aspern. Alguém que aluga parte de um velho palácio em Veneza, com vistas a um jardim. Um jardim interno. Hoje vira vários jardins em Pitimbu.

Comentários

comentários

Rolando,nesse momento de fuga procurei meu net e encontrei vc,sua mensagem, ai,ai,ai, que/saudade do nordeste, das lindas praias tão lindas e mornas como abraço de mãe que a vida nos levou. Os filhos presentes,egoístas como fomos um dia,voltados p/suas opiniões como se perdem em não valorizar o que de+ precioso está continuamento junto d`eles….o amor incondicional – Mãe.
Grata, por VC está comigo agora! Bjs,
Wal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *