Jornalista é assassinado em Maceió

Do site O Jornalista

O repórter cinematográfico Walter Lessa de Oliveira, de 53 anos, foi assassinado a tiros na tarde do último sábado (05), em um ponto de ônibus no bairro do Tabuleiro dos Martins, na periferia de Maceió (AL). Walter teria ido ao local receber o pagamento do aluguel de um imóvel.

O jornalista trabalhava na TV Assembléia e no laboratório de jornalismo do Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac). Ela já havia atuado na TV Gazeta de Alagoas, afiliada Rede Globo, e também já havia feito parte da diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas. Lessa era considerado uma pessoa tranqüila e muito querida por todos.

Walter foi morto por vários disparos de arma de fogo. O principal suspeito do crime é um traficante da região: Lessa teria imagens do criminoso. A polícia também trabalha com a hipótese de latrocínio. Até o momento, ninguém foi preso.

Este já é o segundo assassinato, em menos de uma semana, envolvendo funcionários da Assembléia Legislativa do Estado. Na quinta-feira, o assessor parlamentar Abelardo Fernandes da Rocha já havia sido assassinado. (Original aqui)