IPEA ganha disputa na Justiça contra @JornalOGlobo

Por Juliana Sada

Presidente Lula e Marcio Pochmann, presidente do Ipea. Foto: Ricardo Stuckert/PR

Presidente Lula e Marcio Pochmann, presidente do Ipea. Foto: Ricardo Stuckert/PR

A Justiça concedeu ao Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) direito de resposta no jornal “O Globo”, por matérias publicadas nos dias 22 e 24 de agosto. De acordo com o IPEA, as reportagens continham inverdades e ofendiam a honra do Instituto.

No dia 22 de agosto foi publicada, com chamada na primeira página, uma matéria com o título “Governo faz do IPEA máquina de propaganda, com alto custo para cofres públicos”, na qual o jornal afirma que “estudos [do Instituto] são produzidos para exaltar realizações do governo Lula e têm sido usados na campanha da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff”. Afirma ainda que os estudos são produzidos sem rigor técnico e que o Instituto é “braço de articulação de uma política externa movida pela ideologia”. Já no dia 24, o jornal entrevistou “especialistas” para reforçar os argumentos apresentados na reportagem anterior.

Determinou-se que o Instituto tem direito de resposta nos mesmos dias e formatos em que foram publicadas as matérias consideradas ofensivas. A Justiça afirmou que “o direito de resposta surge para o ente público quando a crítica, qualificada como ofensa, atinge a honra objetiva do órgão mediante a publicação de texto sem embasamento fático”.

Leia comentário de Rodrigo Vianna:

“O IPEA foi diplomático demais ao dizer que ”O Globo” publicou “inverdades”. Esse Escrevinhador prefere ser mais direto: “O Globo” publicou mentiras. Simples. Trata-se de campanha orquestrada pela família Marinho contra a gestão de Márcio Pochmann – um economista respeitável, que não briga com os números, mas também não reza pela cartilha dos “mercadistas” amigos da Miriam Leitão.

“O Globo” elege amigos e inimigos. Aos segundos, como foi o caso de Brizola nos tempos de governador, trata com a falta de sutileza que a Casa Grande costumava dispensar à Senzala. Mas os tempos de Brasil senhorial vão ficando pra trás. “O Globo” não percebeu. Acha que pode administrar o IPEA com editoriais e manchetes forjadas. Não pode mais. E não pode publicar impunemente mentiras sobre uma instituição pública.

Não é esse blogueiro quem diz. É a Justiça.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *