Integradamente

Leio dois livros: Jesús. Aproximação histórica, de José Antonio Pagola, e Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade, da CNBB.

O primeiro me traz para dentro de uma vivência de Jesus que se remonta aos meus primeiros anos de vida. O segundo, me traz numa leitura de mundo que é convergente com o que venho aprendendo e praticando no seio da Terapia Comunitária Integrativa.

Um viver a fe de maneira integrada. Nada daquela dissociação que separa o sagrado e o profano. O compreendido e o vivido. Trato de ir convergindo mais e mais para um aqui e agora em que tudo é uma coisa só. Aplicar o que conheço e experimento, para ser mais feliz.

O livro da CNBB me desperta ainda outras conotações. O insistente apelo do Papa Francisco, de pôr a Igreja a serviço da sociedade, a serviço da humanidade, da comunidade. A evocação da mensagem e da passagem de Jesus como alguém que presentifica o Reino de Deus.

Ainda lembro dos estudos da CNBB que li na minha chegada ao Brasil, que tratavam da luta pela terra. Me alegrava e admirava que a Igreja brasileira estivesse do lado dos mais injustiçados. Escrevo, escrevo e escrevo. É a minha maneira de ir me consolidando mais e mais.

Comentários

comentários