Instituições

Share

Hoje pensava: para que servem as instituições? Há alguma instituição que sirva para as pessoas, que sirva as pessoas, ao invés de se servir das pessoas? São perguntas que não surgiram do nada.

Veio uma decepção com um movimento que diz ser cristão, mas não quer saber de justiça social, de defesa da vida. Não entendo como um cristão pode se desentender do amor.

Pensei em Jesus e a parábola do bom samaritano. Jesus não fundou nenhuma Igreja, não criou uma religião. Certamente, não se desentendeu do amor, ao contrário, fez do amor o começo, o meio e o fim da sua vida e do seu ensinamento.

Hoje pensava em São Francisco de Assis, descalço, esfarrapado, cantando e louvando a criação e beijando leprosos. Criou uma Ordem que se desencaminhou ainda em vida do santo.

De que instituições precisamos os seres humanos? Há alguma instituição que sirva ao ser humano, e não que se sirva do ser humano?

Share

One thought on “Instituições

  1. Muito bom, amigo! Esstou aqui com uns amigos-irmãos de Brasília, ele terpeuta comunitário, ambos de fillosofia espítita profunda. Ontem mesmo, falámos sobre instituições. E você agora, fechou o que eu havia falado. Obrigada por mais esta! Xeros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>