Governismo, uma doença infantil…

O advogado carioca Eduardo Goldenberg – petista-governista até dizer chega e conhecido por atacar diariamente os partidos de esquerda – atacava no início de março deste ano os garis insistentemente. Chamou-nos a atenção. Acesse os “tuits” (outros podem ser vistos em seu perfil):

Era “ilegal” a greve e os garis “vagabundos” – o mesmo discurso, curiosamente, da Prefeitura.

Mas aí o vento mudou, não é mesmo? Os garis lutaram, nas ruas, por um salário digno. Enfrentaram as ameaças e até apanharam da polícia. Mas valeu: saíram vitoriosos. Eis que surge o mesmo Eduardo Goldenberg: