Formatura da 1ª turma de graffiti para mulheres excluídas em Duque de Caxias (RJ)

O Centro Aplicado de Pesquisa em Educação Multi-Étnica – CAPEM, por meio do ‘Formação Orientada para Mulheres Excluídas’ – FOME convida para a formatura da primeira turma de GRAFFITI, composta por mulheres, donas de casa e também mulheres chefes de família a partir de três filhos, com idade entre 19 e 45 anos. O FOME foi agraciado pelo Fundo Angela Borba, que financiou o projeto ‘Gestando Arte – O GRAFFITTI como alternativa de geração de trabalho e renda’. O objetivo é a criação de uma cooperativa de mulheres graffiteiras.

“Nossa proposta agora é disseminar essa metodologia em todo o município”, conta Geanne, da coordenação do CAPEM, à revista Consciência.Net. A formatura acontecerá na Câmara Municipal de Duque de Caxias no dia 20 de janeiro, a partir das 18h, seguida de coquetel. Neste dia será realizado o lançamento de uma campanha de ajuda e manutenção deste projeto, pelo direito da mulher excluída de gestar e gerar arte. “Aguardamos todas e todos que se engajam na luta pela autonomia das mulheres”, diz a organização. Maiores informações no telefax (21) 3777-2782. Clique no link a seguir para ver o convite.

Share

Comentários

comentários

Revista diária fundada em 13 de maio de 2000.

Seções: Opinião.