Folha e Globo hoje, cada 1 diz uma coisa absolutamente diferente

Julio Hungria escreve no BlueBus na quarta 30: “Manchetes de hoje na Folha e no Globo dao numeros do estudo ‘Mapa da Violência dos Municípios’ e oferecem aos leitores informaçoes absolutamente conflitantes. A Folha diz ‘Cai o numero de homicidios do país’. O Globo estampa ‘Homicidios crescem mais que a populaçao’. Para entender a confusao, só mesmo lendo as duas materias. Segundo a Folha, a violência vem em declinio desde 2004 e essa tendência continuou em 2006, embora o ritmo da queda tenha se reduzido.

O Globo por sua vez, diante dos mesmos dados, optou por ir mais para o passado e assim constroi a informaçao negativa. Diz que o numero de assassinatos cresceu nos ultimos 10 anos – e compara o percentual de aumento da violência nesse periodo com o percentual de crescimento da populaçao. No meio do 1o parágrafo, contudo, a materia admite – “O estudo registra, no entanto, que entre 2003 e 2006 houve queda de 8% no numero de assassinatos”. Os infograficos que ilustram a materia deixam clara a tendência de queda desde 2003. Para o leitor que pára diante da banca para ler as 1as paginas ficou o choque da manchete que privilegia a informaçao negativa. Perguntas para refletir – O jornal é tendencioso? A quem favorece a informaçao distorcida?” (Original aqui)

Comentários

comentários