Exploração de indígenas nos canaviais do Mato Grosso do Sul é histórica

Desde o Proálcool, índios Terenas e, principalmente, Guaranis cortam cana para a indústria sul-mato-grossense. Pacto do Trabalhador Indígena, de 1999, regula a atividade, mas não garante condições dignas reais de trabalho. Por André Campos, do Repórter Brasil, clique no título para ler.