Esse negócio chamado vida

Que estranho esse negócio chamado vida que se involucra nesse negócio chamado história.

Em um suspirar,  nos dá o prazer de viver estados, sentimentos, sonhos, aspirações, filhos, pais, netos e outros parentes mais.

Nos leva a conhecer e,  em um toque de mágica,  esquecer ou, simplesmente  manter, quer seja para sempre.

Traz alegrias e, em uma mudança de clima,  troca pela tristeza.

Eleva em um dia e subtrai no outro.

Fornece e deixa guardar mas, também permite deixar perder.

A vida. Ah, a  vida. Amiga inseparável do tempo, da saúde, do admirar.

O tempo, regulador constante do hoje, anunciador do amanhã e acusador do ontem. O mesmo que nos  faz correr quando se quer andar. Que se faz perder quando se quer ganhar. Que se faz chorar quando se quer sorrir ou, em um lapso de tempo, tudo isso ao contrário. Este é o imbatível tempo.

A saúde, dom precioso que se quer ter mesmo se pouco. Companheira do vigor, da motivação e da decisão. Que em um apagar de luzes cede seu espaço para a doença, amiga inseparável do tempo. Quem já teve doente contra o tempo, sabe quanto tempo tem.

A verdade é que não se sabe quanto tempo há para a vida mas, apenas um segundo para sua perda. Nem gurus, nem adivinhos ou médicos sabem ao certo quanto tempo há ou haverá. Não existe uma conta exata. O dois mais dois nunca é igual a quatro. As contas não batem. A vida não é exata e a história, que o conte com suas palavras.

Aproveitemos a vida com os detalhes que ela nos dá, vivamos o tempo e, respiremos a história pois,  o hoje já é, o ontem se foi e o amanhã será incerto.

Feliz ano novo para uma vida que já acontece!

Dedicado a grande amiga  que em um lapso de tempo perdeu um amor que a vida  lhe deu.



Dezembro de 2017

Comentários

comentários

Brasileiro, Casado. Médico formado pela Escola Latinoamericana de Medicina (ELAM), Havana, Cuba. Atua como médico de família na Secretaria de Saúde de Feliz Natal (MT) - Programa Mais Médicos para o Brasil. Professor, palestrante em saúde, educação e músico.

Seções: Atitude!, Brasil, Cotidiano, Opinião, Saúde. Tags: , .