Escritório de Direitos Humanos da ONU na América do Sul ganha novo site

O Escritório para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) lançou uma versão renovada do site acnudh.org, em espanhol e português, com atualizações de navegação, segurança e experiência para os usuários.

A versão atual inclui novos conteúdos, como seções sobre os mecanismos de direitos humanos das Nações Unidas, sites especiais sobre direitos humanos na região e um portal que relaciona os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável com os direitos humanos, entre outras inovações.

Além disso, o site apresenta informações e notícias sobre o trabalho do Escritório da Alta Comissária na região e no mundo; sobre instrumentos internacionais de direitos humanos; bem como publicações e conteúdo multimídia.

“A promoção dos direitos humanos faz parte essencial do mandato do Escritório da Alta Comissária para os Direitos Humanos”, disse Birgit Gerstenberg, representante do ACNUDH na América do Sul. “Por isso, oferecemos esta nova versão do site, para facilitar o acesso a informação sobre direitos humanos no mundo digital”.

Gerstenberg destacou a acessibilidade como um critério chave na hora de repensar e reconstruir o site regional. Como resultado, acnudh.org está disponível em espanhol e português (línguas de trabalho do Escritório na América do Sul) e tem uma estrutura amigável para públicos diversos, em diferentes dispositivos.

“O novo site não é apenas mais atrativo ou fácil de usar, mas também mais inclusivo, pois foi construído com base nas diretrizes das Nações Unidas sobre acessibilidade para pessoas com deficiência, conforme nosso compromisso de não deixar ninguém para trás”, ressaltou.

A nova versão do site do Escritório Regional para América do Sul está disponível em espanhol  e português.

Acompanhe informações sobre o ACNUDH também nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/ONUdh
Twitter: www.twitter.com/ONU_derechos
YouTube: www.youtube.com/onuderechos

Fonte: Nações Unidas-Brasil

(19-08-2019)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *