Defender os Direitos Humanos é preciso!

Há mais de um ano, que o presidente Lula está preso sem ter cometido crime algum. Sem que nada tenha sido provado contra ele. É perigoso que nos acostumemos com a impunidade. Hoje é Lula, amanhã pode ser você, alguém da sua família, quem sabe…

A falta de justiça é uma ameaça seríssima à vida e à segurança da cidadania. O fato de que o poder judiciário esteja a serviço de interesses partidários é um sinal gravíssimo de que devemos nos mobilizar para exigir que os Direitos Humanos sejam respeitados.

Há pessoas que acreditam equivocadamente que ao se omitirem, estão deixando que as coisas se resolvam por si mesmas. Não é assim. A justiça não se estabelece por si mesma. É preciso agir e se mobilizar para que possa ser restabelecido no país o império da democracia e, com ele, a vigência dos Direitos Humanos.

Na Argentina os crimes contra a humanidade cometidos durante a ditadura, somente foram julgados e punidos por tribunais comuns, quando a cidadania e os organismos de direitos humanos exigiram que o governo do presidente Raúl Alfonsín agisse.

Os chamados governos neoliberais ou de ultradireita como o atualmente no poder no Brasil, não apenas são indiferentes aos Direitos Humanos, como os violam abertamente. Cabe à cidadania impedir que isto prossiga. É um dever para com a vida. Isto não pode continuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *