Confiança

Leio na leitura diária da palavra, de hoje: “Quando eu penso: ‘Estou caindo,’ vosso amor me sustenta, Senhor!” Salmo 93(94).

Vejo como a divina sustentação esteve e está sempre comigo. Assim foi desde o começo da minha vida, e continua a ser assim. Isto não dispensa, mas exige o meu discernimento, ação e responsabilidade.

Às vezes creio que alguém está querendo me desafiar ou me prejudicar. Se sou capaz de deter a reação em tempo, e refletir, posso ver que não é assim.

Podem ser ecos de situações do passado, em que eu não tive ocasião de me defender. Hoje reajo a algo que não está aqui, mas, sim, no passado. Posso ser mais feliz, se examino com atenção o meu ser e o meu agir.

O meu estar aqui pode ser cada vez mais pleno, na medida em que sou capaz de me situar no presente. Então posso ver o mundo e as pessoas que estão aqui, e me ver também aqui, no presente. A confiança pode ser construída.