Comunidade Vila Autódromo, em Jacarepaguá (RJ), faz apelo contra remoções da Prefeitura

Share

Chamada para sexta-feira (28/10/2011) e sábado (29/10/2011), a partir das 9h. Atividade de corpo-a-corpo e mutirão comunitário de apoio à resistência da favela Vila Autódromo, na Baixada de Jacarepaguá. Contra as remoções de favelas no Rio de Janeiro! Pela regularização fundiária e urbanização das favelas!

“A Vila Autódromo é uma das comunidades mais conhecidas no Rio de Janeiro e internacionalmente no movimento social de luta por moradia, contando com um respeitável e combativo histórico de resistência popular contra despejos forçados, que data desde a primeira tentativa de remoção por parte do Estado no período da Eco 92, durante a gestão municipal do canalha do César Maia.

A mais significativa ação de resistência e insurgência popular ocorrida na Vila Autódromo foi durante a gestão de Eduardo Paes na Sub-prefeitura da Barra e Jacarepaguá, no início da década de 2000, quando o então sub-prefeito subiu no lombo do trator incitando guardas municipais, PMs e operários contratados pela sub-prefeitura para demolir as moradias de famílias de trabalhadores/moradores desta favela.

Numa inesquecível demonstração de unidade de ação de resistênica popular, mais de 500 moradores, entre homens, mulheres, idosos e crianças, fizeram barricadas e se colocaram à frente do trator e conseguiram impedir a demolição das casas.

São 19 anos de luta por regularização fundiária e urbanização, com periódicas investidas de remoção por parte da prefeitura, sempre em momentos de expansão do capital e de entrada de maciços investimentos no Brasil, igual ao momento que atualmente vivemos para a preparação da cidade do RJ para sediar eventos esportivos internacionais. Agora, o antigo sub-prefeito da região da Barra e Jacarepaguá, o atual prefeito Eduardo Paes, depois de ter aprendido a lição com o seu mestre César Maia, coloca em toda a cidade o seu plano de remoções de favelas, bastante praticado na região da Barra e de Jacarepaguá.

Recentemente, no dia 16 de outubro, o atual secretário municipal de habitação, o petista Jorge Bittar, esteve na Vila Autódromo para dissuadir os moradores da luta de resistência, e tentou convencer o moradores a trocarem suas moradias e a posse de suas terras para se mudarem para um outro local. Os moradores da Vila Autódromo não vão manchar todo uma história de luta popular. Os moradores tem o direito histórico de permanecerem no local onde vivem ha mais de 30 anos! É o lugar onde constituíram família, fizeram amigos, criaram filhos, viveram suas vidas, portanto possuem mais do que ligações físicas com a comunidade. Possuem ligações imateriais com a favela.

A remoção da Vila Autódromo é uma ação orientada por interesses do capital internacional e das elites locais do Rio de Janeiro e não contempla os interesses dos moradores da própria comunidade. A luta dos moradores da favela Vila Autódromo é por regularização fundiária e urbanização e contra as remoções em geral! Os moradores da Vila Autódromo atuam há mais de uma década na Baixada de Jacarepaguá e no Rio de Janeiro apoiando lutas populares de várias favelas pela regularização fundiária e pela resistência contra as remoções. Estiveram no ano passado e este ano apoiando os moradores da favela do Campinho, Vila Restinga, Vila Harmonia, Recreio 2, Metrô-Mangueira, Vila das Torres e Vila Taboinha em suas lutas.

A favela da Vila Autódromo, ciente de sua experiência histórica de luta e trajetória de combatividade, novamente vem solicitar o apoio político dos setores mais combativos do movimento social do Rio de Janeiro para esta atividade de mutirão comunitário. Movimento estudantil, movimento sindical, movimento de sem-teto, movimento de desempregados, movimentos comunitários de bairro e de associação de moradores e de todos que compreendem a importância da autonomia entre movimento social e organização política são bem-vindos.

É preciso fortalecer as lutas de resistência popular, e já disse um guerreiro nativo latinoamericano: um povo forte não precisa de líderes! Os moradores da Vila Autódromo entendem que a situação não está definida nem pela saída dos moradores, nem pela permanência! Só uma cosia está dada: o momento é de luta popular!!! Os moradores da Vila Autódromo já acumularam bastante experiência de luta na comunidade durante estes 19 anos de investidas de remoção!

Apelo da Comunidade Vila Autódromo – Jacarepaguá

Chamada para sexta-feira: dia 28/10/2011 e sábado dia 29/10/2011 a partir das 9h00

A Comunidade de Moradores e Pescadores da Vila Autódromo, na Av. Embx. Abelardo Bueno nº 977 (saltar no portão 10 de Autódromo de Jacarepaguá), junto à Associação de Moradores – tel. 2421-3376, em tempos de luta e resistência popular pelo Direito à terra e a Cidade, apela a todos e a todas apoiador@s do Movimento Social para sexta-feira e sábado se reunirem com os moradores para um corpo-a-corpo com fins de esclarecimentos, mediação, resistência, diálogo e propostas diante dos últimos acontecimentos equivocados e de assédio por parte da Prefeitura do RJ e Secretária de Habitação. Saudações Comunitárias e Solidárias. Vila Autódromo

Ps. Confirmar se possível por e-mail ou telefone para a organização do almoço;
Associação: 2421-337
Altair : 3411-7784 e 7592-5365
Jane : 9847-5876 e 3936-5876
Vera : 8691-9255 e 3411-7450
Inalva : 9445-3341 e 3411-7470

Share

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>