Como se faz um pais?

O golpe dos corruptos e fascistas criou uma situação difícil para o lado são da sociedade.

Como construir um novo projeto de pais sem uma reforma política que impeça a repetição de um legislativo fisiológico e corporativista, que não representa a diversidade da sociedade brasileira? Como construir um novo modelo de pais, mais includente e respeitoso da pluralidade, sem remover este poder judiciário netamente partidista e partidário?

Como reconstruir o Brasil sem uma laboriosa tarefa de recriação da confiança no poder que temos, como coletivo nacional plural e diverso, de dizermos não à destruição da república? Não vai ser nenhum salvador da pátria que venha nos dizer, de cima para baixo, o que fazer ou para onde ir.

Temos que recuperar a nossa autoestima nacional, enquanto ainda é tempo. Acabar com o monopólio das comunicações em mãos de mercenários que atentam contra a democracia e contra a humanidade o tempo todo.